Bem-vindo ao Arquivo Histórico Municipal de Albufeira

Maio de 68: A vontade de mudar o mundo!


Há cinquenta anos, um movimento contestatário de estudantes e trabalhadores mudou a história de França e do mundo ocidental. Tudo começa como uma manifestação estudantil que rapidamente se propaga a toda a sociedade, 9 milhões de pessoas participam. A causa estudantil alastrou-se aos trabalhadores, sucedendo-se as greves. Charles De Gaulle, Presidente da República, posteriormente renunciará ao cargo.
A contestação tem início nas universidades parisienses, com um movimento libertário que assumidamente renuncia ao autoritarismo, ao imperialismo e que reivindica a libertação da moral e desafia a universidade e a sociedade. A onda de manifestações foi seguida pela repressão policial. A contestação aberta e pública às instituições existentes fez emergir a mudança de mentalidades, de costumes, a abertura a novas ideias como é exemplo a postura da mulher na sociedade. As suas ideias passaram a ser escutadas de modo diferente.
Em 1969, os ideais do Maio de 68, chegaram a Portugal provocando grandes manifestações estudantis como forma contestar o Estado Novo, a Guerra Colonial, a repressão política e social e a falta de liberdade de expressão. Profundamente humanista e libertário, o Maio de 68 deixa-nos como principal legado a recusa de opressão. É proibido proibir!